OTAN concorda em expandir missão no Iraque sem permissão de Bagdá

Nos siga noTelegram
OTAN concordou "em princípio" em reforçar sua missão de treinamento no Iraque após reunião em Bruxelas. Contudo, devido à crescente interferência estrangeira no país, Iraque está relutante em aprovar o plano.

"A OTAN está no Iraque a convite do governo iraquiano e nós só ficaremos no Iraque enquanto formos bem-vindos. Porque a OTAN respeita plenamente a soberania e a integridade territorial do Iraque […] Tudo o que fizermos estará em estreita consulta e coordenação com o governo iraquiano", afirmou o secretário-geral da aliança militar, Jens Stoltenberg, quando perguntando se Bagdá tinha aprovado o projeto.

Devido à morte do general iraniano Qassem Soleimani a mando dos EUA em janeiro, quando ele ia se encontrar com o premiê iraquiano Adil Abdul, os iraquianos estão mais céticos do que nunca sobre a presença de tropas estrangeiras no país.

O assassinato provocou uma votação no Parlamento iraquiano exigindo a expulsão nó só das tropas norte-americanas, mas de todas as estrangeiras, embora o governo ainda não tenha dado seguimento ao movimento.

Apaziguar situação

A missão foi suspensa após o assassinato de Soleimani, mas Stoltenberg afirmou que o treino seria retomado "o mais depressa possível", não oferecendo detalhes sobre o estado das conversações com os oficiais iraquianos.

Como os EUA permanecem sendo o Estado-membro mais poderoso e influente da OTAN, a externalização da missão de treino para a aliança pode não fazer muito para apaziguar os iraquianos, desconfiados depois de repetidas violações da "soberania e integridade territorial" do país.

© AFP 2022 / ALI AL-SAADITropas americanas durante cerimônia militar no Iraque (foto de arquivo)
OTAN concorda em expandir missão no Iraque sem permissão de Bagdá - Sputnik Brasil
Tropas americanas durante cerimônia militar no Iraque (foto de arquivo)

Anteriormente, o secretário de Defesa norte-americano, Mark Esper, declarou que a expansão da missão da OTAN permitiria a Washington reduzir a sua "presença" militar no Iraque e reimplantar essas tropas para outros locais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала