Rússia: terroristas de Idlib recebem armas na fronteira com Turquia

© Sputnik / Mikhail VoskresenskyMembro do exército sírio dirige em vilarejos retomados ao sudeste da província de Idlib, em 25 de janeiro de 2020
Membro do exército sírio dirige em vilarejos retomados ao sudeste da província de Idlib, em 25 de janeiro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nas últimas semanas as organizações terroristas e grupos de oposição armada ao governo de Damasco têm ampliado suas atividades em Idlib.

O Ministério da Defesa da Rússia informou que a situação em Idlib, na Síria, tem escalado graças aos armamentos que os militantes terroristas recebem na fronteira com a Turquia.

"A situação tem piorado de modo significativo na zona de desescalada em função da entrada de armas e de munições pela fronteira entre a Turquia e a Síria, bem como em função do avanço do comboio de blindados e tropas turcas pelo território da província síria de Idlib", informou o órgão em um comunicado nesta quarta-feira.

O ministério acrescentou que a escalada da violência na região se deve aos múltiplos ataques registrados pela Rússia e pela Turquia dos militantes contra regiões sírias vizinhas. Essas ofensivas provocaram manobras de retaliação por parte das tropas de Damasco.

Mais cedo, o Ministério da Defesa da Rússia também declarou que a escalada da violência em Idlib seria uma consequência das atividades de Ancara, que não cumpre seus compromissos no país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала