Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Satélite inspetor russo se aproxima de aparelho espião americano em órbita

© Foto / NASA / Christina H KochEspaçonave Soyuz MS-13 com a tripulação da Expedição 60/61 à Estação Espacial Internacional
Espaçonave Soyuz MS-13 com a tripulação da Expedição 60/61 à Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
Nos siga no
Um satélite inspetor militar russo Cosmos-2542 se aproximou do satélite espião estadunidense USA-245, afirma mídia.

De acordo com a edição The Drive, o satélite inspetor russo sincronizou sua órbita com a do satélite estadunidense e se posicionou a uma distância de 150 a 300 quilômetros.

A edição cita o tweet de um estudante de graduação da Universidade de Purdue, Indiana, EUA, Michael Thompson, especializado na área de astrodinâmica, que tirou suas conclusões após o estudo dos dados públicos do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte.

Algo para ver potencialmente: Cosmos 2542, um satélite de inspeção russo, sincronizou recentemente sua órbita com o USA 245, um KH11 do NRO.

Segundo a edição, a aparência do USA-245 é conhecida e por isso o satélite russo não está interessado em tirar a foto desse aparelho. A edição supõe que o satélite inspetor possa testar meios de influência à distância sobre o primeiro.

A edição explica que na órbita terrestre baixa, além de impacto cinético e ação robótica, podem ser usados meios químicos, eletrônicos, de micro-ondas e de laser para suprimir os aparelhos espaciais do inimigo.

Em agosto de 2019 o Ministério de Defesa da Rússia afirmou que o Cosmos-2535 e o Cosmos-2536 estavam passando com sucesso por testes.

O Cosmos-2542 foi lançado desde o Cosmódromo de Plesetsk, em novembro de 2019, a bordo do foguete-lançador Soyuz-2. Os propósitos do aparelho são o monitoramento do estado dos satélites russos e a captura de fotos da superfície da Terra.

O USA-245 pertence à série de aparelhos espaciais estadunidenses KH-11 Kennen e foi lançado desde a base da Força Aérea de Vandenberg, Califórnia, EUA, em agosto de 2013 no veículo de lançamento Delta IV Heavy.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала