Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Equador investiga suspeita de caso de coronavírus no país

© REUTERS / StringerTrabalhadores do departamento local de controle e prevenção de doenças desinfectam área residencial após surto de coronavírus na província de Jiangxi, China, 25 de janeiro de 2020
Trabalhadores do departamento local de controle e prevenção de doenças desinfectam área residencial após surto de coronavírus na província de Jiangxi, China, 25 de janeiro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Ministério da Saúde Pública do Equador está investigando um possível caso de infecção por coronavírus, de um homem que viajou da China.

A declaração acrescentou que se trata de um cidadão chinês de 49 anos, residente na cidade chinesa de Fuqing, que chegou a Quito no dia 21 de janeiro, sem apresentar quaisquer manifestações ou sinais que demonstrassem problemas respiratórios. No entanto, dias depois, o paciente começou a sentir sintomas de tosse, febre e sinais de insuficiência renal e respiratória grave.

O ministério indicou que o homem está isolado em um quarto particular e que as análises necessárias para a obtenção de um diagnóstico definitivo estão sendo feitas em um centro de saúde na cidade de Quito.

De acordo com o relatório do Ministério da Saúde equatoriano, as autoridades estão acompanhando as pessoas com quem o paciente entrou em contato durante sua viagem para evitar a proliferação do vírus, caso o diagnóstico seja confirmado.

​Atenção! O Ministério da Saúde Pública do Equador confirma que há um caso de coronavírus no Equador

As autoridades chinesas advertiram no domingo (27) que a capacidade de transmissão do coronavírus está se fortalecendo, e que o contágio pode continuar aumentando nos próximos dias, advertiu a Comissão Nacional de Saúde do país.

© AFP 2021 / Stringer Escavadeiras no local da construção do novo hospital para tratar o coronavírus em Wuhan, China, 24 de janeiro de 2020
Equador investiga suspeita de caso de coronavírus no país - Sputnik Brasil
Escavadeiras no local da construção do novo hospital para tratar o coronavírus em Wuhan, China, 24 de janeiro de 2020

A atual estirpe 2019-nCoV foi detectada em dezembro de 2019, na cidade chinesa de Wuhan. Até agora, causou a morte de pelo menos 80 pessoas na China, e foram relatadas infecções no Japão, Tailândia, Coreia do Sul, Canadá e EUA.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала