Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ovos fossilizados achados na China revelam dinossauros parecidos com aves modernas (FOTOS)

© Márcio L.Castro / Divulgação / Centro de Apoio a Pesquisa Paleontológica Dinossauro de pescoço longo mais antigo do mundo é achado no Brasil
Dinossauro de pescoço longo mais antigo do mundo é achado no Brasil - Sputnik Brasil
Nos siga no
Três ovos de dinossauros incrivelmente bem preservados encontrados em território chinês revelam que os oviraptorídeos eram semelhantes às aves dos tempos modernos.

Uma equipe de pesquisadores alemães concentrou feixes de nêutrons nos embriões fossilizados e identificaram essas características.

O estudo revelou que esses ovos de dinossauro de duas patas, que eclodiam todos em momentos diferentes, estão próximos das aves na linha do tempo evolutiva, escreve Daily Mail.

Os oviraptorídeos viveram na Ásia Central, há cerca de 80 milhões de anos, e tinham aproximadamente o mesmo tamanho dos humanos.

Em termos de biologia reprodutiva, os cientistas acreditam que essa espécie deveria ser colocada em algum lugar entre os crocodilos e as aves modernas.

​Ovos de dinossauros fossilizados revelam os Oviraptorídeos de duas patas nascidos da mesma forma que as aves modernas

Com base na espessura interna das cascas dos ovos e na estrutura óssea dos três fósseis de ovos de 67 milhões de anos, os pesquisadores concluíram que eles eram mais parecidos com as aves neste aspecto.

"Isto é diferente nos fósseis que examinamos – encontramos um par de ovos e outro ovo juntos embutidos em um bloco de rocha", disse o Dr. Tzu-Ruei Yang, coautor do estudo publicado na revista Integrative Organismal Biology.

Os pesquisadores concluíram que os ovos de 18 centímetros, que foram retirados da bacia de Ganzhou, na China, foram postos quase ao mesmo tempo por uma oviraptorídea fêmea. Observando o comprimento dos ossos, a equipe estimou se os três dinossauros deveriam eclodir simultaneamente ou em momentos diferentes com base nas fases de desenvolvimento dos embriões.

Os embriões em desenvolvimento também teriam absorvido cálcio da casca à medida que crescia, para fortalecer o seu esqueleto em desenvolvimento. Por isso, quanto mais fina for a casca, mais avançado será o desenvolvimento do embrião. Isto mostrou que os ovos se desenvolveram e chocaram em momentos diferentes, apesar de terem sido postos ao mesmo tempo.

A partir disto, os cientistas concluíram que a biologia reprodutiva dos oviraptorídeos era mais semelhante à das aves modernas do que à dos crocodilos.

A pesquisa aproximou mais os cientistas de entender a vida dos oviraptorídeos há muito extintos, que percorriam a Ásia Central, incluindo a Mongólia e a China.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала