Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

FOTOS mostram momento em que vulcão entra em erupção no Alasca

Nos siga no
O monte Shishaldin é um cone simétrico de aproximadamente 16 quilômetros de diâmetro em sua base, com uma elevação de 2.857 metros é o pico mais alto das ilhas Aleutas, no Alasca.

O vulcão Shishaldin retomou sua erupção com fluxos de lava e expulsão de uma grande nuvem de cinzas de até nove quilômetros de altura.

A retomada da nova fase de erupção obrigou as autoridades a elevar o nível de alerta vermelho e emitir um alerta para o tráfego aéreo.

​Vulcão Shishaldin em erupção, 18 de janeiro, 2020, visto de Cold Bay. Foto cedida por Aaron Merculief.

O vulcão está em uma fase de erupção intermitente desde julho do ano passado e é um dos vulcões mais ativos da região.

As emissões de vapor e cinzas foram elevadas a mais de 9.100 metros, sendo levadas pelo veto para mais de 150 quilômetros do vulcão em direção ao oceano Pacífico.

​Vulcão Shishaldin em erupção, 18 de janeiro, 2020, visto de King Cove. Foto cedida por Savannah Yatchmeneff.

Nas últimas horas, as cinzas diminuíram consideravelmente, bem como a sismicidade na zona, segundo o Observatório de Vulcões do Alasca, que também informou que o nível de alerta e advertência para o tráfego aéreo passou de vermelho para laranja. Além disso, a atividade do vulcão continua.

​Vulcão Shishaldin em erupção, 18 de janeiro, 2020. Uma pluma se estende do pico e de onde um fluxo de lava está interagindo com uma geleira. Foto cedida por Woodsen Saunders.

O vulcão Shishaldin é um cone simétrico de aproximadamente 16 quilômetros de diâmetro em sua base, com uma elevação de 2.857 metros , sendo o pico mais alto das ilhas Aleutas, considerado como um dos mais ativos da região, com mais de 24 erupções desde 1775, segundo o observatório.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала