Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Rodrigo Maia pede a saída de Roberto Alvim e diz que secretário 'passou de todos os limites'

© Folhapress / Bruno SantosO secretário de Cultura, Roberto Alvim.
O secretário de Cultura, Roberto Alvim. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu o afastamento do secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, nesta sexta-feira (17).

Alvim fez um discurso, divulgado nesta quinta-feira (16), semelhante ao do ministro de Adolf Hitler da Propaganda da Alemanha Nazista, Joseph Goebbels, antissemita radical e um dos principais nomes do regime nazista.

Maia disse que Alvim passou de "todos os limites" e que deveria ser afastado urgentemente.

Nesta manhã, Alvim afirmou em post no Facebook que a semelhança entre as frases foi "apenas uma frase do discurso na qual havia uma coincidência retórica".

“A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada", disse o ministro de cultura e comunicação de Hitler em um pronunciamento para diretores de teatro, segundo o livro "Joseph Goebbels: uma biografia", de Peter Longerich.

"A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada", afirmou Alvim no vídeo postado nas redes sociais.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала