Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Nos siga no
Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA.

"Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à Sputnik o porta-voz do Comando Central dos EUA (USCENTCOM), Bill Urban.

Anteriormente, o portal Defense One comunicou que 11 soldados dos EUA com "sintomas de concussão" foram transferidos do Iraque para a Alemanha e o Kuwait para avaliação e tratamento.

No dia 8 de janeiro, o Exército iraniano bombardeou com mísseis duas bases utilizadas pelos militares norte-americanos no Iraque, em represália pela morte do general Qassem Soleimani, assassinado pelos EUA durante um ataque de drones em Bagdá.

Horas depois de alvejar as bases norte-americanas no Iraque, a defesa antiaérea do Irã abateu um Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines com 176 pessoas a bordo, que havia decolado do aeroporto de Teerã com destino a Kiev.

As autoridades iranianas assumiram que a aeronave foi abatida devido a um erro humano, depois que um operador considerou a aeronave como um alvo inimigo que havia se aproximado de uma importante instalação militar, além disso, o país autorizou nesta quinta-feira (16) a Ucrânia a participar da decifração das caixas-pretas do Boeing.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала