Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Paquistão afirma que não será parte de 'nenhuma guerra na região'

© REUTERS / Nazanin Tabatabaee / WANA NEWS AGENCYIranianos no cortejo fúnebre do major-general Qassem Soleimani, chefe da Força Quds, e do membro sênior das Forças de Mobilização Popular Shia do Iraque, Abu Mahdi al-Muhandis
Iranianos no cortejo fúnebre do major-general Qassem Soleimani, chefe da Força Quds, e do membro sênior das Forças de Mobilização Popular Shia do Iraque, Abu Mahdi al-Muhandis - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro das Relações Exteriores do Paquistão disse nesta quinta-feira (16) que pretende informar os Estados Unidos que tem relações próximas com Irã e Arábia Saudita e não participará de nenhum conflito.

Shah Mahmood Quresh fez o comentário no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais.

"Fui instruído pelo primeiro-ministro [Imran Khan] a transmitir a mensagem do Paquistão nas três capitais — Teerã, Riad e Washington — o Paquistão será apenas um parceiro para a paz, não fará parte de nenhuma guerra na região", disse Qureshi. "O Paquistão mantém laços estreitos com a Arábia Saudita e o Irã."

As tensões no Oriente Médio aumentaram significativamente depois que os Estados Unidos mataram o principal comandante iraniano, Qassem Soleimani, no início de janeiro. O Irã retaliou disparando mísseis balísticos contra duas bases no Iraque que hospedam tropas estadunidenses. 

Os Estados Unidos disseram que o ataque causou danos mínimos e não matou ninguém. Como resposta, Washington sancionou 17 produtores de metais e empresas de mineração iranianas, além de oito altos funcionários.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала