Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

França, Alemanha e Reino Unido defendem acordo nuclear iraniano

© AFP 2021 / Atta KenareReator atômico na usina nuclear de Bushehr, no sul do Irã (foto de arquivo)
Reator atômico na usina nuclear de Bushehr, no sul do Irã (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Em comunicado conjunto divulgado neste domingo (12), os governos de França, Alemanha e Reino Unido defenderam o acordo nuclear iraniano e pediram que Teerã volte a seguir os termos do pacto assinado em 2015.

"Continuamos comprometidos com o Plano de Ação Conjunto Global [acordo nuclear iraniano] e sua preservação; pedimos ao Irã que cancele todas as medidas incompatíveis com o acordo", afirma o comunicado divulgado pelo Palácio do Eliseu e assinado pelo presidente da França, Emmanuel Macron, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

O comunicado também ressalta que o Irã "nunca" deve ter uma arma nuclear e que os três países europeus, além de China, Rússia e União Europeia, defendem a manutenção do acordo nuclear. 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiu sair do acordo nuclear iraniano em 2018 e reintroduziu sanções contra Teerã. O Irã anunciou recentemente que irá deixar de seguir as diretrizes do acordo diplomático até que as sanções impostas contra sua economia sejam suspensas. 

Trump também afirmou que um novo pacto deve ser assinado para substituir o Plano de Ação Conjunto Global.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала