Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cinegrafista da agência de vídeo Ruptly é morto no Iraque

© AP Photo / Hadi MizbanManifestantes contra o governo no Iraque ateiam fogo em objetos para fechar via em Bagdá no dia 5 de outubro de 2019.
Manifestantes contra o governo no Iraque ateiam fogo em objetos para fechar via em Bagdá no dia 5 de outubro de 2019. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O cinegrafista da agência de vídeo Ruptly, Saafa Ghali, foi assassinado no Iraque por pessoas armadas não identificadas após filmar protesto no país.

O jornalista teria sido morto após filmar uma manifestação que protestava contra o fato do Iraque ter sido transformado em uma plataforma do confronto militar entre os Estados Unidos e o Irã. O cinegrafista produzia o material para a mídia local.

"No Iraque, pessoas armadas não identificadas mataram nosso operador Saafa Ghali. Saafa filmava ativamente materiais da região para nossa agência Rutply. Faremos tudo para ajudar sua família", publicou a editora-chefe da Sputnik e da RT, Margarita Simonyan.

Ghali filmou cerca de 30 vídeos para a Ruptly, uma agência de vídeo que é um projeto do canal RT. O cinegrafista também trabalhava trabalhava para uma rede de TV local.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала