FOTOS de satélite exibem danos na base dos EUA no Iraque após ataques de mísseis iranianos

© AP Photo / Ministério da Defesa iranianoFoto divulgada pelo site oficial do Ministério da Defesa do Irã mostra Khordad 15, uma nova bateria de mísseis terra-ar em um local não revelado no Irã, 9 de junho de 2019 (foto de arquivo)
Foto divulgada pelo site oficial do Ministério da Defesa do Irã mostra Khordad 15, uma nova bateria de mísseis terra-ar em um local não revelado no Irã, 9 de junho de 2019 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Imagens de satélite exibem danos resultantes do ataque com mísseis iranianos contra a base aérea Ain Al-Asad, situada no Iraque, que recebe tropas dos EUA e da coligação.

As fotografias divulgadas pela Planet Labs, uma empresa americana de satélites de observação da Terra, foram compartilhadas pela CNN. Ao menos cinco hangares e armazéns foram atingidos pelos mísseis iranianos no início de quarta-feira (8).

​CNN obteve imagens de satélite da Planet Labs, Inc. que parecem mostrar danos causados pelos ataques de mísseis iranianos a uma base aérea no Iraque que abrigava tropas americanas

O analista do Instituto Middlebury (EUA), David Schmerler, diz que não está claro se os alvos na base foram escolhidos para evitar a perda de vidas.

"Os edifícios que estamos contabilizando agora parecem ser usados para guardar aviões […] Há outras estruturas na base aérea que seriam exclusivamente para pessoas, então talvez eles pretendessem atacar locais com equipamentos e não pessoas", complementou.

Através das fotografias é possível ver os danos causados pelo impacto dos mísseis.

© Foto / Planet Labs Inc./ Instituto MiddleburyImagem de satélite mostra danos a hangares e outros edifícios em uma série de ataques de mísseis à base aérea americana de Ain Al-Assad, supostamente lançados pelo Irã
FOTOS de satélite exibem danos na base dos EUA no Iraque após ataques de mísseis iranianos - Sputnik Brasil
Imagem de satélite mostra danos a hangares e outros edifícios em uma série de ataques de mísseis à base aérea americana de Ain Al-Assad, supostamente lançados pelo Irã

A base militar Ain Al-Asad, localizada na província iraquiana de Anbar, sofreu um ataque de dois mísseis balísticos, disparados do território do Irã durante a noite de terça para quarta-feira (8).

© Foto / Planet Labs Inc./ Instituto MiddleburyImagem de satélite da empresa comercial Planet mostra danos em pelo menos cinco estruturas na base aérea Ain Al-Assad, no Iraque
FOTOS de satélite exibem danos na base dos EUA no Iraque após ataques de mísseis iranianos - Sputnik Brasil
Imagem de satélite da empresa comercial Planet mostra danos em pelo menos cinco estruturas na base aérea Ain Al-Assad, no Iraque

O Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais determinou que se tratou de mísseis balísticos de curto alcance Qiam-1, com um sistema de orientação de precisão que pode ser redirecionado durante o voo.

Escalada de conflito

Segundo especulações, os ataques de mísseis iranianos foram mais um ato simbólico do que uma verdadeira escalada do conflito em curso entre Teerã e Washington.

No entanto, o general  norte-americano Mark Milley afirmou que sua "avaliação pessoal" era de que Teerã estava atirando para matar.

"Acredito, com base no que vi e sei, que [os ataques] tiveram a intenção de causar danos estruturais, destruir veículos, equipamentos e aeronaves, e matar pessoal", disse o general Milley a repórteres.

O ataque aéreo às instalações militares americanas no Iraque foi uma resposta do Irã à morte do general iraniano Qassem Soleimani, em um ataque aéreo americano ordenado pelo presidente Donald Trump no Aeroporto Internacional de Bagdá no dia 3 de janeiro.

Embora Washington não tenha confirmado a existência de vítimas, a mídia iraniana noticiou que a ofensiva custou a vida de 80 pessoas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала