Quase 200 vítimas: avião ucraniano cai no Irã

Nos siga noTelegram
Destroços do voo PS752, que saiu de Teerã rumo a Kiev, são revelados em imagens após todos a bordo falecerem.

O Boeing 737 do voo PS752 da Ukraine International Airlines caiu hoje (8), após decolar do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã, no Irã.

Todas as 176 pessoas a bordo morreram na tragédia, ocasionada por incêndio no motor da aeronave comercial.

O local da tragédia foi ocupado tanto por socorristas como por moradores das redondezas do aeroporto de partida.

© AFP 2022 / IRINNImagem obtida pelo canal de TV estatal IRIB mostra escombros do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev em chamas. Pelo menos 10 ambulâncias foram enviadas ao local da queda.
Imagem obtida pelo canal de TV estatal IRIB mostra escombros do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev em chamas - Sputnik Brasil
1/12
Imagem obtida pelo canal de TV estatal IRIB mostra escombros do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev em chamas. Pelo menos 10 ambulâncias foram enviadas ao local da queda.
© Sputnik / Mazyar AsadiLocal da queda do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev nos arredores do Aeroporto Internacional Imã Khomeini na capital iraniana, Teerã.
Local da queda do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev nos arredores do Aeroporto Internacional Imã Khomeini na capital iraniana, Teerã - Sputnik Brasil
2/12
Local da queda do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev nos arredores do Aeroporto Internacional Imã Khomeini na capital iraniana, Teerã.
© AFP 2022Pessoas observam os restos do avião ucraniano do voo PS752, que caiu perto do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã, Irã, vitimando todas as 176 pessoas a bordo.
Pessoas observam os restos do avião ucraniano do voo PS752, que caiu perto do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã, Irã - Sputnik Brasil
3/12
Pessoas observam os restos do avião ucraniano do voo PS752, que caiu perto do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã, Irã, vitimando todas as 176 pessoas a bordo.
© AP Photo / Mohammad NasiriDestroços do avião do voo PS752 Teerã-Kiev após cair e matar todas as 176 pessoas a bordo, em 8 de janeiro de 2020.
Destroços do avião do voo PS752 Teerã-Kiev após cair e matar todas as 176 pessoas a bordo, em 8 de janeiro de 2020 - Sputnik Brasil
4/12
Destroços do avião do voo PS752 Teerã-Kiev após cair e matar todas as 176 pessoas a bordo, em 8 de janeiro de 2020.
© REUTERS / WANA / Nazanin TabatabaeeSocorristas no local da queda do voo PS752 Teerã-Kiev, em 8 de janeiro de 2020.
Socorristas no local da queda do voo PS752 Teerã-Kiev, em 8 de janeiro de 2020 - Sputnik Brasil
5/12
Socorristas no local da queda do voo PS752 Teerã-Kiev, em 8 de janeiro de 2020.
© AFP 2022 / ISNA / Rouhollah VahdatiEquipes de resgate e moradores locais são fotografadas entre os corpos das vítimas da queda do voo PS752 Teerã-Kiev após o mesmo cair nas proximidades do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã. Todas as 176 pessoas a bordo morreram.
Equipes de resgate e moradores locais são fotografadas entre os corpos das vítimas da queda do voo PS752 Teerã-Kiev - Sputnik Brasil
6/12
Equipes de resgate e moradores locais são fotografadas entre os corpos das vítimas da queda do voo PS752 Teerã-Kiev após o mesmo cair nas proximidades do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã. Todas as 176 pessoas a bordo morreram.
© AFP 2022Socorristas em meio aos escombros do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev, que caiu após decolar do Aeroporto Internacional Imã Khomeini, em Teerã, em 8 de janeiro de 2020, tirando a vida de todas as 176 pessoas a bordo.
Socorristas em meio aos escombros do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev, que caiu após decolar do Aeroporto Internacional Imã Khomeini, em Teerã - Sputnik Brasil
7/12
Socorristas em meio aos escombros do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev, que caiu após decolar do Aeroporto Internacional Imã Khomeini, em Teerã, em 8 de janeiro de 2020, tirando a vida de todas as 176 pessoas a bordo.
© REUTERS / WANA / Nazanin TabatabaeePertences das vítimas da queda do voo PS752 Teerã-Kiev no local do acidente nas proximidades do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
Pertences das vítimas da queda do voo PS752 Teerã-Kiev no local do acidente nas proximidades do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã - Sputnik Brasil
8/12
Pertences das vítimas da queda do voo PS752 Teerã-Kiev no local do acidente nas proximidades do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
© AFP 2022 / -Equipes de resgate trabalham no local da queda do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev, que levou a vida de todas as 176 pessoas a bordo. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
Equipes de resgate trabalham no local da queda do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev, que levou a vida de todas as 176 pessoas a bordo - Sputnik Brasil
9/12
Equipes de resgate trabalham no local da queda do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev, que levou a vida de todas as 176 pessoas a bordo. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
© AFP 2022 / Rohhollah Vadati / ISNAPessoas observam destroços do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev no local da queda do mesmo próximo do Aeroporto Internacional Imã Khomeini na capital iraniana, Teerã. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
Pessoas observam destroços do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev no local da queda do mesmo próximo do Aeroporto Internacional Imã Khomeini na capital iraniana, Teerã - Sputnik Brasil
10/12
Pessoas observam destroços do Boeing 737 do voo PS752 Teerã-Kiev no local da queda do mesmo próximo do Aeroporto Internacional Imã Khomeini na capital iraniana, Teerã. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
© REUTERS / Valentyn OgirenkoPainel de chegadas do Aeroporto Internacional de Kiev-Borispol mostra voo PS752 cancelado após sua queda próximo ao aeroporto de partida nos arredores de Teerã, Irã. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
Painel de chegadas do Aeroporto Internacional de Kiev-Borispol mostra voo PS752 cancelado após sua queda - Sputnik Brasil
11/12
Painel de chegadas do Aeroporto Internacional de Kiev-Borispol mostra voo PS752 cancelado após sua queda próximo ao aeroporto de partida nos arredores de Teerã, Irã. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
© REUTERS / Serhii NuzhnenkoParente de uma das vítimas do voo PS752 que caiu próximo da capital iraniana, Teerã, chorando no aeroporto de destino, Kiev-Borispol, na Ucrânia. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
Parente de uma das vítimas do voo PS752 que caiu próximo da capital iraniana, Teerã, chorando no aeroporto de destino, Kiev-Borispol, na Ucrânia - Sputnik Brasil
12/12
Parente de uma das vítimas do voo PS752 que caiu próximo da capital iraniana, Teerã, chorando no aeroporto de destino, Kiev-Borispol, na Ucrânia. Foto tirada em 8 de janeiro de 2020.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала