Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Parlamento da Espanha recusa investidura de Pedro Sánchez como primeiro-ministro

© REUTERS / Sergio PerezAtual premiê da Espanha, Pedro Sánchez, chegando para debate de investidura no parlamento de Madri
Atual premiê da Espanha, Pedro Sánchez, chegando para debate de investidura no parlamento de Madri - Sputnik Brasil
Nos siga no
O líder socialista Pedro Sánchez perdeu o primeiro turno da votação para o cargo de premiê espanhol neste sábado (5).

Com 166 votos a favor, 165 contra e 18 abstenções, Sánchez não consegue obter o cargo de premiê na primeira votação. Segundo a lei, no primeiro turno é necessário obter a votação favorável de uma maioria absoluta de 176 votos.

Para a vitória no segundo turno, que terá lugar 48 horas depois do primeiro, será necessária uma maioria simples de votos a favor. Então, se a situação não mudar durante os dois dias seguintes, Sánchez será designado premiê da Espanha na terça-feira.

Além dos representantes do Partido Socialista Operário Espanhol, Pedro Sánchez foi apoiado pelo Unidas Podemos, com quem os socialistas planejam formar um governo de coalizão, e pelos representantes de partidos mais pequenos como o Partido Nacionalista Basco, o EH Blidu, o Más País e o Teruel Existe.

Contra a candidatura de Sánchez votaram os representantes do Partido Popular, do partido de extrema-direita VOX e do Cidadãos.

O parlamento da Espanha está muito fragmentado nos últimos tempos e consiste de mais de 20 grupos políticos. No último ano no país foram realizadas duas eleições legislativas antecipadas e o governo funciona como interino desde abril de 2019.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала