Tropas dos EUA disparam gás lacrimogêneo contra manifestantes perto da embaixada no Iraque

© AP Photo / Khalid MohammedMilitantes pró-iranianos perto da embaixada dos EUA em Bagdá
Militantes pró-iranianos perto da embaixada dos EUA em Bagdá - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os manifestantes fizeram uma breve tentativa de invasão da embaixada, em protesto contra a recente intervenção ativa dos EUA no país e na região. Guardas norte-americanos repeliram os manifestantes a partir do telhado da embaixada.

Tropas norte-americanas em Bagdá, Iraque, dispararam gás lacrimogêneo contra manifestantes frente à embaixada dos EUA na terça-feira (31), um dia depois de milhares de manifestantes terem tentado invadir o local, informa a agência AP. 

Os manifestantes, junto com milícias xiitas iraquianas, arrombaram uma das portas principais e pegaram fogo a uma das áreas de recepção, "um dos maiores ataques à embaixada em memória recente", segundo a fonte.

Em seguida, soldados norte-americanos no telhado do edifício principal da embaixada apontaram armas aos manifestantes. Os guardas norte-americanos dispararam gás lacrimogêneo, levantando fumaça sobre a área da embaixada. Um homem em alto-falante exortou a multidão a se manter fora do recinto, dizendo: "A mensagem foi entregue".

O ataque vem em meio à morte por drones de 25 combatentes do Hezbollah no Iraque e também na Síria na semana passada, em retaliação a um ataque contra uma base da coalizão norte-americana perto de Kirkuk, com Washington culpando a milícia iraniana pelo ataque. No entanto, Teerã negou qualquer envolvimento, chamando os ataques subsequentes dos EUA de atos de "terrorismo".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала