Teorias que parecem conspiratórias, mas se mostraram bem reais

© AP Photo / Carolyn KasterEmblema da CIA em sua sede em Langley, Virgínia, EUA
Emblema da CIA em sua sede em Langley, Virgínia, EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Algumas teorias da conspiração de longa data não são exatamente ingênuas, algumas, após anos de especulações, acabam se revelando verdadeiras.

Ao longo da história dos Estados Unidos, houve as mais diversas teorias que acabaram chocando o mundo, ganhando manchetes com os temas mais variados. Quem nunca se sentiu curioso sobre algum "caso" contado em uma reunião de família?

Eles ainda caçam OVNIs

Em 1969, o Governo norte-americano desativou seu programa de investigação Projeto Livro Azul, ainda que durante os 22 anos do projeto, mais de 700 aparições tenham sido classificadas como "não identificadas". A versão oficial era de que não havia nada para investigar, porém, as testemunhas de OVNIs asseguravam que havia algo no céu, e continuaram a acreditar que o Governo ainda investigava "misteriosos viajantes", informa o jornal Daily Star

Em dezembro de 2017, o jornal The New York Times revelou a existência de uma operação secreta do Pentágono chamada Programa de Identificação de Ameaças Aeroespaciais Avançadas. Oficialmente fechada em 2012, a busca por "ameaças anormais aeroespaciais" ainda parece continuar, conforme revelado pela recente aparição presenciada pelo porta-aviões USS Nimitz.

Controlados pela CIA

Em 1977 Carl Bernstein, um dos jornalistas que revelou o escândalo Watergate, escreveu uma denúncia para a revista Rolling Stones sobre as extensas conexões da CIA com as organizações midiáticas mais poderosas do mundo.

Ele revelou que a organização de espionagem treinou agentes como jornalistas e encontrou vciaagas de emprego para eles em todos os principais jornais americanos, e também financiou a publicação de livros que apoiavam suas operações.

O programa, que começou durante a Guerra Fria, foi cancelado por George Bush quando ele assumiu a CIA em 1976. O líder norte-americano declarou: "Com efeito imediato, a CIA não estabelecerá nenhuma relação contratual ou paga com nenhum correspondente de tempo integral ou parcial credenciado por nenhum meio de notícias dos EUA, seja jornal, rádio ou rede de televisão".

Temível bebida do demônio

Durante a era do rígido controle da venda e produção de álcool nos Estados Unidos, havia o boato de que o Governo teria envenenado secretamente todas as bebidas alcoólicas do país, como um esforço de impedir o consumo por parte de seus cidadãos.

O próprio Governo publicou um guia sobre o assunto, porém, o "envenenamento" não tinha como propósito impedir o consumo, mas sim fins tributários: o álcool destinado a humanos era tributado, enquanto o álcool com adição de metanol era livre de taxas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала