Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Que lugar ocupa Brasil no ranking dos países mais influentes do mundo?

Nos siga no
Os países mais influentes são os que estabelecem padrões econômicos reconhecidos em todo o mundo, preocupam políticos e estão constantemente em manchetes das notícias.

O "subranking de poder", compilado pela revista estadunidense U.S. News & World Report valoriza a influência mundial de 80 estados, se baseando em cinco indicadores chave: líder, peso econômico e político, fortes alianças internacionais e capacidade de seu exército.

O Top 10

Os EUA continuam ocupando o primeiro posto, dado que possuem a maior economia no mundo e têm o maior orçamento militar. Além disso, o país é o que dá a maior contribuição financeira à OTAN e atribui bilhões de dólares em ajuda militar a outros países.

A Rússia e a China ocupam o segundo e o terceiro lugares respetivamente. Segundo os analistas da revista, a escala da influência da Rússia é "difícil de medir", enquanto a China é "uma das civilizações" mais antiga do mundo.

Este ano, o Top 10 de países mais influentes quase não sofreu mudanças desde 2018. Só a Coreia do Sul conseguiu melhorar sua posição e deslocou os Emirados Árabes para o 10º posto.

Aqui está o Top 10 dos países mais influentes no mundo com seus respetivos indicadores: população e PIB per capita:

  1. EUA (325,7 milhões de habitantes; US$ 59.792)
  2. Rússia (144,5 milhões de habitantes; US$ 27.893)
  3. China (1.400 milhões de habitantes; US$ 16.696)
  4. Alemanha (82,7 milhões de habitantes, US$ 50.804)
  5. Reino Unido (66,0 milhões de habitantes, US$ 44.292)
  6. França (66,7 milhões de habitantes; US$ 44.081)
  7. Japão (126,8 milhões de habitantes; US$ 42.942)
  8. Israel (8,7 milhões de habitantes; US$ 36.405)
  9. Arábia Saudita (32,9 milhões de habitantes, US$ 54.532)
  10. Coreia do Sul (51,5 milhões de habitantes, US$ 39.548)

América Latina

Nenhum país da região latino-americana conseguiu entrar no Top 10 da lista. No entanto, três nações latino-americanas conseguiram entrar no Top 50. O primeiro é o Brasil, que ocupou o 30º posto. Depois fica o México, no lugar 38, subindo uma posição em relação a 2018. Este ano, a Colômbia terminou a lista no posto 50, subindo do ponto 56.

Aqui se pode ver os lugares que outros países da região latino-americana ocuparam.

  30. Brasil (209,3 milhões de habitantes; US$ 15.637)

  38. México (129,2 milhões de habitantes; US$ 19.938)

  50. Colômbia (49,1 milhões de habitantes; US$ 14.437)

  55. Argentina (44,3 milhões de habitantes; US$ 20.918)

  64. Guatemala (16,9 milhões de habitantes; US$ 8.165)

  65. Equador (16,6 milhões de habitantes; US$ 11.507)

  66. Peru (32,2 milhões de habitantes; US$ 13.521)

  67. Chile (18,1 milhões de habitantes; US$ 24.592)

  69. República Dominicana (10,8 milhões de habitantes; US$ 16.997)

  72. Costa Rica (4,9 milhões de habitantes; US$ 16.894)

  74. Uruguai (3,5 milhões de habitantes; US$ 22.374)

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала