Putin e Moro entram na lista de figuras icônicas da década do Financial Times

© Sputnik / Aleksei Nikolsky / Abrir o banco de imagensPresidente russo, Vladimir Putin, durante a grande coletiva de imprensa em Moscou
Presidente russo, Vladimir Putin, durante a grande coletiva de imprensa em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A mídia americana Financial Times publicou a lista das pessoas mais influentes da década, incluindo o presidente russo Vladimir Putin e o americano Donald Trump.

A lista inclui 19 figuras políticas, 22 empresários e nove representantes da cultura, ciência, esportes e entretenimento.

Entre os políticos incluídos estão o presidente francês Emmanuel Macron, a chanceler alemã Angela Merkel, o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, o presidente dos EUA Donald Trump, o presidente chinês Xi Jinping, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, assim como o ex-presidente dos EUA Barack Obama.

Alguns personagens ganharam um pequeno resumo do motivo pelo qual entraram na lista, como Rose McGowan, a mulher que iniciou o movimento #MeToo, ao denunciar o produtor de Hollywood Harvey Weinstein. Em 2016, a estrela de cinema publicou uma série de tweets, nos quais alegou ter sofrido abuso por parte de um grande produtor do ramo, dando a entender que era Weinstein.

© Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil/FotosPúblicasJuiz federal Sérgio Moro
Putin e Moro entram na lista de figuras icônicas da década do Financial Times - Sputnik Brasil
Juiz federal Sérgio Moro

O ex-juiz e agora ministro da Justiça do Brasil, Sergio Moro, também está na lista da publicação, em função de sua participação decisiva na operação Lava Jato.

Segundo a equipe editorial da FT, os incluídos na lista personificaram os principais eventos da década de 2010.

Segue a lista na íntegra:

Política

Abiy Ahmed Ali, Primeiro Ministro da Etiópia

Recep Tayyip Erdogan, Presidente da Turquia

Nigel Farage, idealizador do Brexit

Mohamed Bouazizi, vendedor ambulante da Tunísia que morto em 2010 e dando início à Primavera Árabe

Os irmãos Koch, patrocinadores do Partido Republicano

Emmanuel Macron, Presidente da França

Angela Merkel, chanceler da Alemanha

Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia

Sergio Moro, juiz brasileiro relacionado ao caso Lava Jato

Barack Obama, presidente dos EUA entre 2009 e 2017

Vladimir Putin, Presidente da Rússia

Mohammed bin Salman, príncipe herdeiro saudita

Edward Snowden, informante dos EUA

Qasem Soleimani, comandante da Força Quds do Irã

Aung San Suu Kyi, líder de fato da Birmânia

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos

Joshua Wong, ativista político de Hong Kong

Xi Jinping, presidente da China

Malala Yousafzai, ativista e ganhadora do Prêmio Nobel

Economia, negócios e tecnologia

Bernard Arnault, presidente e CEO do conglomerado LVMH

Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon

Tim Cook, CEO da Apple

Jamie Dimon, presidente e CEO da JPMorgan

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu entre 2011 e 2019

Larry Fink, presidente e CEO da BlackRock, empresa de gerenciamento de ativos

Bill e Melinda Gates

Reed Hastings, co-fundador, presidente e CEO da Netflix

Elizabeth Holmes, fundadora da Theranos

Kylie Jenner, modelo e empresária

Travis Kalanick, cofundador da Uber

Haruhiko Kuroda, diretor do Banco do Japão

Christine Lagarde, Diretora Geral do FMI entre 2011 e 2019

Jack Ma, co-fundador do Alibaba

Sergio Marchionne, empresário italiano e diretor da Fiat

Aubrey McClendon, pioneiro em fraturamento hidráulico

Elon Musk, o fundador da Tesla

Thomas Piketty, especialista em problemas de desigualdade social

Ren Zhengfei, fundador e CEO da Huawei

Margrethe Vestager, Comissária da UE para a Concorrência

Susan Wojcicki, CEO do YouTube

Mark Zuckerberg, fundador, presidente e CEO do Facebook

Cultura, mídia, esporte e ciência

David Attenborough, naturalista e radialista britânico

Jennifer Doudna, bioquímica americana

Kevin Feige, presidente da Marvel

Rose McGowan, ativista do movimento #MeToo

Lionel Messi contra Cristiano Ronaldo, a batalha para ser o melhor do futebol

Rupert Murdoch, fundador da News Corp

Grigori Rodchenkov, denunciou o uso de doping no esporte russo

Taylor Swift, estrela pop

Serena Williams, estrela do tênis norte-americano

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала