- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Preço de gás de cozinha sobe 5%

© Tânia Rêgo/Agência BrasilPetrobras sede
Petrobras sede - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O preço final ao consumidor dependerá de repasse pelas distribuidoras.

A partir desta sexta-feira, o gás liquefeito de petróleo (GLP), gás de cozinha, ficará em média 5% mais caro para as distribuidoras.

A Petrobras confirmou a informação e revelou que o reajuste se refere ao preço à vista e sem tributos. O preço final ao consumidor depende do repasse feito pelas distribuidoras, informou Agência Brasil.

A estatal anunciou esta semana que renovou o contrato com 12 distribuidoras estaduais a partir de janeiro: GásBrasiliano, São Paulo Sul, Comgás, BR Espírito Santo, Gasmig, CEG, CEG-RIO, Algás, Bahiagás, Sergás, Potigás e Pbgás

A mudança foi feita "com base em uma nova fórmula de preço da molécula de gás indexada ao preço do petróleo", acrescentou a estatal.

A Petrobras estima que o preço do produto possa ter uma redução média imediata de 10% em relação aos contratos anteriores, considerando o preço do petróleo na faixa de US$ 60/bbl.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала