Grécia pretende extraditar cidadão russo para os EUA

© AP Photo / Giannis PapanikosUm homem russo identificado como Alexandr Vinnik, no centro, é escoltado por policiais para um tribunal em Tessaloniki, na Grécia, no dia 29 de setembro de 2017.
Um homem russo identificado como Alexandr Vinnik, no centro, é escoltado por policiais para um tribunal em Tessaloniki, na Grécia, no dia 29 de setembro de 2017. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Grécia está se preparando para entregar o russo Aleksandr Vinnik aos Estados Unidos, onde ele é procurado por lavagem de dinheiro, segundo apurou a Sputnik junto ao Ministério da Justiça grego.

O ministro da Justiça da Grécia autorizou a extradição de Vinnik para a França na sexta-feira (20), depois que o tribunal grego aprovou pedidos de extradição da França, EUA e Rússia. O Ministério planeja mandá-lo para a França, onde ele será colocado em um voo para os EUA.

Embora o destino formal da extradição pareça ser a França, o ministro da Justiça Konstantinos Tsiaras pediu ao chefe da prisão grega que mantinha o russo que preparasse o "ato de transferência e garantisse que ele seria entregue à polícia dos EUA e depois à Rússia".

O advogado de Vinnik, Timofei Musratov, disse que a carta confirmou que a Grécia queria extraditar seu acusado para os EUA. "Os franceses não vão buscá-lo, eles nunca iriam. O documento prova que eles planejavam entregá-lo desde os primeiros dias", disse ele.

Vinnik foi detido na Grécia em julho de 2017, a pedido dos EUA, sob várias acusações, incluindo a lavagem de US$ 4 bilhões por meio de uma plataforma de negociação de criptomoedas. A França também acusou Vinnik de cometer crimes cibernéticos, inclusive lavagem de dinheiro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала