México: vala comum encontrada em fazenda tem restos de 50 corpos

© Sputnik / Daniel BecerrilO presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, no centro da foto, durante festividade do Dia do Exército.
O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, no centro da foto, durante festividade do Dia do Exército. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Restos humanos descobertos no mês passado em uma fazenda nos arredores da cidade de Guadalajara foram confirmados como pertencentes a pelo menos 50 pessoas.

O número de vítimas foi confirmado por autoridades do estado de Jalisco, no centro-oeste do México.

Os promotores estaduais de Jalisco disseram que o trabalho de recuperação começou em 22 de novembro após a descoberta inicial e foi concluído na sexta-feira (13). 

A promotoria local disse que a contagem "preliminar" de vítimas está em 50 pessoas. 

Os promotores disseram que identificaram 13 vítimas até agora — 12 homens e uma mulher, todas anteriormente listadas como desaparecidas.

O Instituto Estadual de Ciências Forenses procurará determinar o sexo e a causa da morte dos outros corpos.

A investigação continua, com o objetivo de identificar mais vítimas e "os responsáveis ​​por esse crime que prejudica gravemente a sociedade", afirma a promotoria em comunicado obtido pela agência de notícias Associated Press.

O estado abriga o cartel de Jalisco Nova Geração, um dos mais violentos do país. Pelo menos 40.000 pessoas desapareceram desde o início da guerra às drogas no México, em 2006.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала