Corrida espacial? China se prepara para explorar planetas aptos para vida

Nos siga noTelegram
O governo chinês lançará em 2030 o programa Miin para explorar o espaço exterior além do Sistema Solar e encontrar planetas adequados para a vida.

"Este projeto será o próximo avanço da China em pesquisa básica", disse Yuan Jie, diretor executivo da Corporação de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China (CASC).

Pequim planeja lançar uma série de naves espaciais com telescópios modernos, detectores infravermelhos e outros sensores para monitorar as áreas espaciais adjacentes à nossa galáxia, e assim buscar vida extraterrestre, informou Jie.

Os cientistas primeiramente procurarão água e medirão os regimes de temperatura que garantam a sobrevivência de humanos, animais, plantas, insetos e micro-organismos, acrescentou.

Potência espacial

O chefe da CASC comunicou que em 2020 a China iniciará uma missão para explorar Marte e planeja se tornar a potência espacial mais avançada na próxima década, enquanto que a construção da estação orbital chinesa perto da Terra continuará.

"Vamos abrir uma nova era na exploração espacial", destacou.

De acordo com os planos da CASC, a construção da base chinesa na Lua estará concluída até 2045 e a China enviará astronautas para Marte.

© AP Photo / Andy WongMódulo de pouso sendo erguido do solo em teste para pairar, evitar obstáculos e desacelerar em uma instalação em Huailai, na província chinesa de Hebei, 14 de novembro de 2019
Corrida espacial? China se prepara para explorar planetas aptos para vida - Sputnik Brasil
Módulo de pouso sendo erguido do solo em teste para pairar, evitar obstáculos e desacelerar em uma instalação em Huailai, na província chinesa de Hebei, 14 de novembro de 2019

O gigante asiático continua liderando o número de lançamentos de foguetes portadores. Desde janeiro de 2019, o país colocou em órbita 29 naves espaciais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала