- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Novo governo da Argentina aumenta impostos sobre exportações agrícolas

© AFP 2022 / PEDRO PARDOPresidente eleito da Argentina Alberto Fernández fazendo V de vitória no México
Presidente eleito da Argentina Alberto Fernández fazendo V de vitória no México - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O novo presidente da Argentina, Alberto Fernández, decidiu neste sábado aumentar os impostos sobre as exportações agrícolas.

O governo da Argentina justificou a medida como "urgente", com objetivo de mitigar o rombo nas finanças públicas do país, um dos maiores produtores e exportadores agrícolas do mundo, informou o site da Globo.

Também neste sábado, Buenos Aires adotou o aumento no custo para a demissão de trabalhadores.

Quem for demitido sem justa causa terá que receber o dobro da rescisão trabalhista por 180 dias.

Novas tarifas

O novo imposto agrícola contempla o pagamento de uma taxa de 9% para todos os produtos em geral.

Para a soja, o principal produto de exportação da Argentina, o aumento foi expressivo. Até então, os exportadores do grão pagavam 18% e, com a mudança, a taxa subiu para 27%.

Ao assumir o comando do país, em 2015, o ex-presidente Maurício Macri chegou a retirar a taxação. Em 2018, no entanto, o governo argentino voltou a cobrar tributos da exportação da produção agrícola, numa tendência que promete se agravar durante o mandato de Fernández.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала