Comércio entre Rússia e China pode quebrar novo recorde em 2019

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensVladimir Putin visita oficialmente a República Popular da China
Vladimir Putin visita oficialmente a República Popular da China - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um novo recorde na história das relações econômicas e comerciais entre Pequim e Moscou teria sido estabelecido com o volume de seus comércios alcançando US$ 110 bilhões (R$ 451 bilhões) em 2019.

De janeiro a novembro, o comércio entre os dois países foi 3,1% maior que no mesmo período de 2018.

Nos primeiros dez meses deste ano, as importações chinesas de produtos agrícolas da Rússia aumentaram 12,4% no período, enquanto que as exportações de automóveis para o país eslavo cresceram 66,4%, explicou o porta-voz do Ministério do Comércio chinês, Gao Feng, em uma coletiva de imprensa.

Feng também comentou que o investimento direto da China na Rússia aumentou 10,7% entre janeiro e outubro.

Crescimento constante

O volume do comércio Rússia-China tem crescido de forma constante nos últimos anos. Em 2017, aumentou 20,8%, atingindo US$ 84,07 bilhões, enquanto que em 2018 ultrapassou US$ 100 bilhões pela primeira vez.

© Sputnik / Aleksei DruzhininPresidente da China Xi Jinping e o líder russo Vladimir Putin durante cerimônia oficial de boas-vindas no Kremlin, em Moscou, Rússia
Comércio entre Rússia e China pode quebrar novo recorde em 2019 - Sputnik Brasil
Presidente da China Xi Jinping e o líder russo Vladimir Putin durante cerimônia oficial de boas-vindas no Kremlin, em Moscou, Rússia

Ambos os países, que atualmente enfrentam pressão dos EUA na forma de sanções contra a Rússia e uma guerra comercial com a China, estabeleceram recentemente uma meta ambiciosa de dobrar o volume do comércio mútuo para US$ 200 bilhões (R$ 820 bilhões) até 2024.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала