Rússia é contra interferência externa no Líbano e Iraque, diz chanceler

© Sputnik / Ramil Sitdikov / Abrir o banco de imagensMinistro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, durante conversações com homólogo japonês Taro Kono (imagem de arquivo)
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, durante conversações com homólogo japonês Taro Kono (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, declarou nesta terça-feira (10) que Moscou é contra a interferência externa na situação no Iraque e no Líbano.

"Com relação à situação no Líbano e no Iraque [...] nossa posição é que é possível superar a atual crise nesses países apenas através de um diálogo nacional", disse Lavrov.

"Espero que nem no Líbano nem no Iraque haja interferência destrutiva por forças externas", acrescentou o ministro.

Segundo ele, no Líbano, é necessário resolver conflitos com base no respeito pelos princípios da constituição libanesa, e não permitir uma situação em que um determinado grupo étnico ou religioso seja removido do poder.

em relação ao Iraque, o ministro afirmou que a Rússia é solidária com o governo local, que é forçado a combater os remanescentes de grupos terroristas e, ao mesmo tempo, procurar consolidar a sociedade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала