Japão diz monitorar Coreia do Norte 'de perto' após novos testes de Pyongyang

© REUTERS / Kim Hong-JiTelevisão sul coreana transmite imagens dos lançamentos de mísseis efetuados pela Coreia do Norte, no dia 28 de novembro de 2019
Televisão sul coreana transmite imagens dos lançamentos de mísseis efetuados pela Coreia do Norte, no dia 28 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo do Japão disse nesta segunda-feira (9) que está monitorando de perto as ações norte-coreanas após detectar um teste "muito importante" realizado por Pyongyang no campo de lançamento de satélites de Sohae.

No domingo (8), a agência de notícias estatal norte-coreana KCNA informou, citando a Academia Norte-Coreana de Ciência de Defesa Nacional, que o teste havia sido realizado no dia anterior e mudaria significativamente a posição estratégica do país no futuro próximo.

Segundo divulgou a emissora japonesa NHK, o governo japonês acredita que o teste norte-coreano poderia envolver mísseis balísticos.

Um funcionário do Ministério da Defesa do Japão disse à NHK que a Coreia do Norte pode estar tentando aumentar o alcance de seus mísseis balísticos e que Tóquio está preocupada com possíveis novos testes de mísseis norte-coreanos.

Desde 2018, houve melhorias na situação da Península Coreana, que vivia sob tensão devido aos múltiplos testes nucleares e de mísseis de Pyongyang. Durante o ano, o líder norte-coreano Kim Jong-un manteve conversas diretas com os presidentes da Coreia do Sul e dos Estados Unidos.

Apesar disso, a negociação não avançou em 2019 devido e não houve medidas específicas pela desnuclearização sendo retomada a rotina de testes com mísseis.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала