Força Aérea do Chile reconhece queda de aeronave que seguia rumo à Antártica com 38 pessoas a bordo

© Sputnik / Valeriy Melnikov / Abrir o banco de imagensAvião de transporte aéreo,C-130 Hércules, da Força Aérea americana na Conferência Internacional de armamentos e equipamentos militares na base da Força Aérea africana em Pretória
Avião de transporte aéreo,C-130 Hércules, da Força Aérea americana na Conferência Internacional de armamentos e equipamentos militares na base da Força Aérea africana em Pretória - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nesta terça-feira (10), a Força Aérea do Chile reconhece que seu avião modelo C-130 Hércules, que tinha como destino a Antártica, caiu com 38 pessoas a bordo.

Em comunicado publicado nesta terça-feira (10), a Força Aérea do Chile informou que a aeronave militar que se encontrava perdida caiu na região de Magalhães, no sul do Chile. 

"As Forças de defesa do Chile reconhecem, sete horas após perder contato, que a aeronave C-130 Hércules caiu", versa o comunicado.

Comunicado de Imprensa número 2. 

O comunicado informa que a Força Aérea, em conjunto com demais forças, está conduzindo as operações de busca da aeronave e possíveis sobreviventes. Foi divulgado mapa que estima a localização do C-130 Hércules.

Gráfico anexo ao Comunicado de Imprensa.

Anteriormente, a Força Aérea havia informado que o avião saíra da cidade de Punta Arenas, às 16h55 (horário de Brasília) e após pouco mais de uma hora de voo, às 18h15, perdeu contato com a base de controle.

A aeronave cumpria tarefas de apoio logístico rumo à Base Aérea Antártica Presidente Eduardo Frei Montalva.

Segundo a Força Aérea, das 38 pessoas a bordo,17 eram tripulantes e 21 eram passageiros.

As causas do acidente ainda não foram esclarecidas.

A equipe que estava a bordo do avião faria revisão do oleoduto flutuante que há na base e realizaria um tratamento anticorrosivo no local.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала