Até mesmo durante Guerra Fria Rússia não era 'ameaça' para OTAN, segundo especialista

© AP Photo / Alik KepliczSoldado polonês durante os exercícios da OTAN na Polônia, 2016
Soldado polonês durante os exercícios da OTAN na Polônia, 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia nunca foi nem é uma ameaça para a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), segundo comentou o escritor e especialista britânico Tariq Ali, em entrevista à Sputnik.

"Nem nos velhos tempos da União Soviética, esta foi uma ameaça para a OTAN. Surgiram guerras contra o Vietnã, a Coreia, tentaram derrubar o governo revolucionário de Cuba, mas não houve nenhuma guerra contra a Rússia na Europa durante a Guerra Fria", salientou.

O veterano ativista político, de origem paquistanesa, denunciou a "enorme provocação" que constitui para Moscou "os avanços da Aliança no Leste da Europa” e a "incessante interferência para mudar o governo em Kiev e integrar a Ucrânia na OTAN".

"Hoje, a OTAN é uma organização completamente ofensiva", denunciou. "Devemos nos mobilizar e formar uma frente unida o mais ampla possível", acrescentou o intelectual, comentando a reunião cimeira da Aliança que decorre em Londres.

"É importante destacar que esta cúpula ocorre em um momento de crise interna na organização, com divisão de opiniões sobre a Síria, a Turquia e com o mal estar do unilateralismo norte-americano", disse Tarik Ali.
© AFP 2022 / Murat Cetinmuhurdar/Turkish Presidental Press Service Sessão plenária da cúpula da OTAN no Reino Unido
Até mesmo durante Guerra Fria Rússia não era 'ameaça' para OTAN, segundo especialista - Sputnik Brasil
Sessão plenária da cúpula da OTAN no Reino Unido

Os 29 membros da OTAN conseguiram alcançar um consenso em uma reunião de três horas que Jens Stoltenberg, secretário-geral da organização, descreveu como "construtiva, produtiva e com bom ambiente".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала