Rússia e Ucrânia renovam contrato de trânsito de petróleo por 10 anos

© Sputnik / Vitaly Timkiv / Abrir o banco de imagensPoço de petróleo na região de Krasnodar, Rússia (foto de arquivo)
Poço de petróleo na região de Krasnodar, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia e a Ucrânia resolveram renovar por mais dez anos o atual contrato de fornecimento de petróleo russo para a Europa via território ucraniano.

A informação foi confirmada nesta terça-feira pela sociedade ucraniana de transporte de petróleo, a Ukrtransnafta, através de seu Facebook. O contrato, assinado hoje junto à russa Transneft, tem validade de 1 de janeiro de 2020 a 1 de janeiro de 2030. 

De acordo com a nota divulgada pela companhia ucraniana, os princípios básicos da cooperação entre as duas empresas permanecerão os mesmos. Mas, ao mesmo tempo, a nota faz referência a um "contrato adicional" para atualizar disposições, o que "garante a operação segura e sustentável do sistema de transporte de petróleo da Ucrânia a longo prazo" para a Europa e" fornece uma fonte de renda estável a longo prazo para a Ukrtransnafta".

De acordo com analistas da S&P Global Platts citados pela AFP, o trânsito de petróleo russo na Europa em 2018 foi de 13,3 milhões de megatoneladas, comparado a 13,9 milhões em 2017, o que representa uma queda de 4,3%.

Entre janeiro e setembro de 2019, esse volume caiu 5,1% em relação ao ano anterior, principalmente por causa de um pequeno incidente, que levou à interrupção do fornecimento através de um dos oleodutos entre 25 de abril e 11 de maio e, novamente, de 17 a 21 de maio, escreve a agência.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала