Netanyahu critica tentativas de países europeus de contornar sanções dos EUA ao Irã

© AP Photo / Gali Tibbon/Pool Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu
Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, criticou neste domingo (1º) as tentativas dos países europeus de contornar as sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irã.

"Enquanto o povo do Oriente Médio enfrenta bravamente o Irã e seus capangas, aqui está a coisa absurda: enquanto tudo isso está acontecendo, países da Europa estão trabalhando para contornar as sanções dos EUA contra o Irã", disse Netanyahu em discurso transmitido pela televisão. 

Do seu ponto de vista, os países europeus deveriam ter vergonha de sua política.

"Eles estão permitindo que um Estado terrorista fanático [Irã] desenvolva armas nucleares e mísseis balísticos, trazendo desastres para si e para todos os outros", enfatizou o premiê israelense.

Ele instou a Europa a rever sua política sobre o Irã e aumentar a pressão das sanções contra o país persa.

Israel tradicionalmente vê o Irã como seu principal oponente no Oriente Médio e está preocupado com a presença de instrutores militares iranianos, bem como com o movimento xiita do Hezbollah, que é apoiado por Teerã, na vizinha Síria.

A posição dos Estados Unidos em relação ao Irã se tornou mais dura depois que Donald Trump foi eleito presidente e retirou Washington do acordo nuclear com Teerã. Na tentativa de salvar o acordo diplomático, os países europeus estão tentando criar mecanismos que permitirão que suas empresas evitem sanções dos Estados Unidos por fazerem negócios com Teerã.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала