Mídia chinesa anuncia potência nuclear 'escondida'

© REUTERS / Kyodo/FilesCentral nuclear Takahama, Japão, em 27 de novembro de 2014
Central nuclear Takahama, Japão, em 27 de novembro de 2014  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A agência de notícias chinesa Sohu chama o Japão de verdadeira potência nuclear e pede aos países vizinhos, inclusive à Rússia, para se manterem atentos.

O autor do artigo, publicado pela agência de notícias chinesa Sohu, cita fontes de acordo com as quais, sob o pretexto de desenvolvimento de usinas nucleares civis, o Japão conseguiu obter uma grande quantidade de combustível nuclear. Isso seria o suficiente para produzir 6.000 bombas nucleares.

A mídia destaca que, durante algumas dezenas de anos, o desenvolvimento do Japão tem sido contido pelos EUA. Com isso, o país aproveitou o apoio do aliado e se tornou uma forte potência econômica. Agora, o Japão quer desempenhar o papel mais ativo na arena internacional.

© AFP 2022 / JIJI PRESSPrimeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, visita usina nuclear da companhia distribuidora Tokyo Electric Power Company (TEPCO), em Okuma, na prefeitura de Fukushima, em 14 de abril de 2019
Mídia chinesa anuncia potência nuclear 'escondida' - Sputnik Brasil
Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, visita usina nuclear da companhia distribuidora Tokyo Electric Power Company (TEPCO), em Okuma, na prefeitura de Fukushima, em 14 de abril de 2019

Nota-se que, no campo das capacidades nucleares, o Japão integra os primeiros dez países do mundo, não devendo o nível tecnológico do país ser subestimado. Apesar de o Japão não ter licença para desenvolver armas nucleares, o país ocupa as primeiras posições no mundo no que se refere ao uso deste tipo de tecnologias.

Segundo o autor do artigo, em caso de início de hostilidades militares, o Japão seria capaz de criar rapidamente armas nucleares usando o material nuclear que possui.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала