Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro diz que alta do dólar tem 'prós e contras'

© REUTERS / Pavel GolovkinO presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participa da 11ª Cúpula do BRICS
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participa da 11ª Cúpula do BRICS - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta terça-feira (26) que a alta do dólar tem "prós e contras", mas afirmou que torce para que a cotação da moeda norte-americana tenha uma queda.

O dólar registrou um novo recorde nesta terça-feira, chegando a superar a cotação de R$ 4,25.

Na véspera, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse em entrevista em Washington que não está preocupado com a alta do dólar, que já havia registrado a cotação de R$ 4,21.

"Vi e ouvi. Se ele falou, está falado. Espero que caia, torço, assim como torço que caia a taxa Selic. Torço que aumente nossa credibilidade junto ao mundo. Agora, a economia, como eu disse, eu sou o técnico de futebol, quem entra em campo são os 22 ministros", disse Bolsonaro ao comentar a declaração de Guedes.

"O Paulo Guedes está jogando na economia. Se você for analisar na ponta da linha, tem vantagens pró e contra no dólar a R$ 4,21, como está agora", acrescentou o presidente.

​O ministro da Economia havia declarado que a alta do dólar é "absolutamente compreensível". "O juro baixou, está em 5%. Quando tem política fiscal mais forte e juro mais baixo, o câmbio de equilíbrio é mais alto. O Brasil é agora um país interessante, com juro bastante baixo. Os investimentos vão começar e vai retomar o crescimento", afirmou.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала