Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Robôs no campo de batalha: automação é tendência no Exército russo, diz especialista

© Sputnik / Vitaly Belousov Sistema robótico multifuncional do exército russo BMRK "Uran-9", durante apresentação do fórum "Exército 2019", no parque Patriota, na região de Moscou
Sistema robótico multifuncional do exército russo BMRK Uran-9, durante apresentação do fórum Exército 2019, no parque Patriota, na região de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga no
Nesse fim de semana, o Exército russo completou com sucesso os testes de seus novos robôs multifuncionais. Em 2020, os robôs participarão de operações militares experimentais.

O sistema de robôs multifuncionais do Exército da Rússia foi testado com sucesso, informou neste domingo (24) o general Oleg Salyukov.

"Completamos os testes nacionais com o modelo experimental do sistema de robôs multifuncionais (...) Kungas", disse o general.

O sistema Kungas consiste em um robô portátil de 12 kg, um robô de 200 kg, um robô móvel com cerca de 2 toneladas, além do robô de combate Nerekhta e uma versão robotizada do veículo de transporte militar anfíbio BTR-MDM Rakushka.

Todos os robôs do sistema Kungas podem ser controlados a partir de um centro de comando unificado.

© Sputnik / Mikhail VoskresenskyVeículo blindado russo BTM-MDM "Rakushka", durante demostração em fórum miltar
Robôs no campo de batalha: automação é tendência no Exército russo, diz especialista - Sputnik Brasil
Veículo blindado russo BTM-MDM "Rakushka", durante demostração em fórum miltar

Salyukov acrescentou que os testes do complexo de robôs pesados Shturm e peso-médio Soratnik terão início já no ano que vem.

De acordo com o especialista militar Dmitry Litovkin, ouvido pelo serviço russo da Rádio Sputnik, o uso de robôs é uma das tendências no Ministério da Defesa do país:

"A robotização é uma das principais tendências no Ministério da Defesa, que, por sua vez, define a linha de desenvolvimento do exército. A principal objetivo desses aparelhos é minimizar a participação humana nas operações militares e, portanto, preservar a vida dos soldados', disse o especialista.

Segundo ele, o Ministério da Defesa da Rússia trabalha com uma ampla gama de projetos de robotização.

"Os militares estão testando desde minissistemas, destinados a atividades de monitoramento ou desminagem, até máquinas que são praticamente tanques robotizados. Agora eles estão pesquisando qual será o modelo ideal", explicou Litovkin.

No entanto, o especialista lembrou que ainda é cedo para identificar quais desses sistemas serão utilizados no campo de batalha.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала