Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coreia do Norte ameaça derrubar resort sul-coreano construído em seu território

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensDemolição de instalações auxiliares do polígono nuclear de Punggye-ri, no norte da Coreia do Norte (foto de arquivo)
Demolição de instalações auxiliares do polígono nuclear de Punggye-ri, no norte da Coreia do Norte (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Pyongyang ameaçou derrubar unilateralmente o resort sul-coreano construído no Monte Kumgang, na Coreia do Norte, caso Seul não desmantele as instalações.

As ameaças são seguidas de reclamações por parte do Norte de que a Coreia do Sul não tem atendido de maneira correta aos pedidos de Pyongyang de reconstruir as instalações.

Em outubro passado, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, disse que as instalações têm um "aspecto desagradável", demonstrando assim desejo de derrubar o resort construído pela Coreia do Sul no Monte Kumgang, na Coreia do Norte.

No entanto, conforme publicou a agência de notícias estatal norte-coreana KCNA, o Sul considerou as reclamações do norte de "método primitivo", ao passo que Pyongyang ameaçou derrubar os edifícios de maneira unilateral.

"Desta forma, em 11 de novembro nós demos um ultimato, avisando que se as autoridades sul-coreanas persistirem em suas asserções inúteis, nós consideraremos [a inércia sul-coreana] como um recuo, e derrubaremos as instalações unilateralmente", publicou a posição de Pyongyang a KCNA.
© REUTERS . KCNAÁrea de resort para turistas Monte Kumgang é vista durante a visita do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un
Coreia do Norte ameaça derrubar resort sul-coreano construído em seu território - Sputnik Brasil
Área de resort para turistas Monte Kumgang é vista durante a visita do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Resort abandonado

As instalações do resort foram construídas ainda no final da década de 1990, contando com investimentos de empresas privadas sul-coreanas como a Hyundai Asan.

Em 2008, uma turista sul-coreana foi morta por soldados do Norte quando esta teria entrado em uma zona militar próxima às instalações.

Depois disso, as atividades turísticas no local foram encerradas, enquanto foram conduzidas negociações sobre a reabertura do resort.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала