- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro fala em 'desequilíbrio' que prejudica o Brasil no Banco do BRICS

© REUTERS / Pavel GolovkinO presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participa da 11ª Cúpula do BRICS
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participa da 11ª Cúpula do BRICS - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pediu nesta quinta-feira (14) para corrigir um desequilíbrio que prejudica o Brasil no Novo Banco de Desenvolvimento (NDB).

A fala do Bolsonaro ocorreu durante o diálogo dos líderes dos países do BRICS com o Conselho Empresarial e o Novo Banco de Desenvolvimento.

"Os números mostram que é preciso trabalharmos juntos para superar o desequilíbrio em desfavor do Brasil na carteira de financiamento do NDB”, disse o presidente brasileiro.

Cabe ao Brasil indicar o nome do próximo presidente do NDB. Atualmente a presidência do banco é do indiano K.V. Kamath.

O presidente brasileiro disse que vai indicar "alguém que pode trabalhar ativamente para que o banco se consolide e cumpra sua missão institucional."

O NDB abrirá um escritório regional em São Paulo, com uma representação em Brasília, como oportunidade de gerar crescimento e desenvolvimento entre os países.

Criado em 2014, durante a 6ª Cúpula do BRICS realizada em Fortaleza, o Novo Banco de Desenvolvimento tem capital previsto de US$ 50 bilhões.

Brasília está recebendo a 11ª Cúpula do BRICS.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала