- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Senador diz que 'direita' e 'elite' não vão aceitar volta de Lula

© ©Renato Costa/FolhapressSenador Humberto Costa, do PT de Pernambuco, discursa no plenário do Senado
Senador Humberto Costa, do PT de Pernambuco, discursa no plenário do Senado - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em entrevista para a Sputnik Brasil, o senador Humberto Costa (PT-PE) disse que após a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem início um "processo político" longo, e que a "elite" e a "direita" não vão aceitar seu retorno.

"Após a liberdade, tem início um processo político longo. A elite e a direita não vão aceitar que Lula volte a exercer sua cidadania, retome seus direitos e cumpra seu papel político", afirmou. 

O ex-presidente deixou a Superintendência da Polícia Federal de Curitiba no final da tarde desta sexta-feira (8), onde estava preso desde abril de 2018. 

A defesa pediu sua libertação após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir barrar a prisão após condenação em 2ª instância. O entendimento da corte é que, salvo em casos de prisão provisória e preventiva, o réu só pode ser detido quando esgotados todos os recursos. 

"A soltura representa o reencontro com o estado democrático de direito. O STF fez a leitura correta da Constituição", afirmou Costa. 

'Não sinto espírito no Congresso para prolongar essa contenda'

O julgamento levou um grupo de senadores e deputados a iniciarem uma campanha para que seja votada uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) permitindo a prisão logo após condenação em 2ª instância. O senador do PT ironizou a iniciativa.

"Existe uma lei para os brasileiros e outra para Lula. Eles querem mexer na Constituição para prender o ex-presidente?", perguntou.  

Apesar do movimento, o parlamentar não vê forças para que a PEC tenha futuro: "Essa proposta já foi rejeitada no pacote anticrime [do ministro da Justiça, Sergio Moro]. Não sinto no Congresso espírito para prolongar essa contenda". 

Em relação ao cenário político com Lula livre, Costa disse que o líder petista "reforça a luta contra um governo e um projeto que aumentou a pobreza, a desigualdade e a fome".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала