Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lula deixará prisão, decide juiz

© Folhapress / Cassiano Rosário/Futura PressApoiadores do ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva se concentram na frente da sede da Polícia Federal em Curitiba (SP), nesta sexta-feira (08). A maioria dos ministros Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram que não é obrigatória à prisão após segunda instância.
Apoiadores do ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva se concentram na frente da sede da Polícia Federal em Curitiba (SP), nesta sexta-feira (08). A maioria dos ministros Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram que não é obrigatória à prisão após segunda instância.  - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ex-presidente Lula deixará a carceragem da Polícia Federal nesta sexta-feira (8) após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a prisão após a condenação em segunda instância.

O STF tomou sua decisão na quinta-feira (7) e determinou que a prisão só pode ocorrer depois de terminadas todas as possibilidades de recursos. A decisão da corte tem impacto na situação de cerca de 4,8 mil, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A defesa do ex-presidente entrou com um pedido de liberdade nesta sexta-feira e a decisão foi do juiz Danilo Pereira Júnior, que cobre as férias da juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba.

Lula estava preso desde 7 de abril de 2018 após ser condenado pelo então juiz Sergio Moro no caso do triplex em Guarujá (SP). A decisão de Moro foi posteriormente confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, ou seja, pela segunda instância. 

© REUTERS / Ueslei MarcelinoGarota se une à manifestação em prol da libertação do ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, Brasília, 7 de novembro de 2019
Lula deixará prisão, decide juiz - Sputnik Brasil
Garota se une à manifestação em prol da libertação do ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, Brasília, 7 de novembro de 2019
"Determino, em face das situações já verificadas no curso do processo, que as autoridades públicas e os advogados do réu ajustem os protocolos de segurança para o adequado cumprimento da ordem, evitando-se situações de tumulto e risco à segurança pública", afirma o juiz Danilo Pereira Júnior no despacho que libertou Lula.

Com a decisão judicial, o ex-presidente deve deixar a prisão nos próximos instantes.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала