Força Aeroespacial da Rússia revela quando ganhará 1º Su-57

© Sputnik / Mikhail VoskresenskyCaça Su-57 no polígono durante preparações para Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2019
Caça Su-57 no polígono durante preparações para Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Força Aeroespacial russas receberá seu primeiro caça de quinta geração Su-57 até o final do ano. O avião está "praticamente pronto", disse aos repórteres na sexta-feira (8) o vice-ministro da Defesa, Aleksei Krivoruchko.

O alto responsável recordou que, de acordo com o contrato em vigor, a Força Aeroespacial russa deverá receber 76 aeronaves desse tipo antes de 2028.

"O primeiro avião Su-57 de produção em série está praticamente pronto para ser enviado para as tropas. Até final do ano ele já será entregue à Força Aeroespacial. No próximo ano estamos esperando por outra aeronave desse tipo, e então haverá uma multiplicação na produção", disse ele depois de visitar a fábrica de aviação de Komsomolsk-no-Amur, na qual esses aparelhos são construídos.
© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensCaças multifuncionais russos de quinta geração Su-57 realizam voo de demonstração no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2019 em Zhukovsky, na Rússia
Força Aeroespacial da Rússia revela quando ganhará 1º Su-57 - Sputnik Brasil
Caças multifuncionais russos de quinta geração Su-57 realizam voo de demonstração no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2019 em Zhukovsky, na Rússia

O Su-57 (anteriormente conhecido como PAK FA) é um caça russo de quinta geração. Ele decolou pela primeira vez em 2010. A combinação de sua alta manobrabilidade com a capacidade de realizar voos supersônicos, bem como o moderno complexo de equipamentos de bordo e baixa visibilidade, garantem a superioridade do Su-57 sobre seus concorrentes, segundo os desenvolvedores.

Outros interessados

Especialistas norte-americanos já declararam "guerra de nova geração" ao avião Su-57 e ao drone furtivo S-70 Okhotnik, depois de um voo conjunto dos dois.

O presidente turco Recep Erdogan se mostrou interessado nas aeronaves Su-35 e Su-57 em 29 de agosto deste ano, e disse que não precisava de autorização dos EUA para comprar caças russos.

Mianmar, Argélia, China e Índia também mostraram interesse de uma ou outra forma em comprar os aviões russos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала