- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lula reclama de 'coerção' da PF e ocasiona aflição no Twitter

© Folhapress / Marlene BergamoEx-presidente Lula concede entrevista exclusiva à Folha e ao jornal El País, na sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR), onde o petista está preso
Ex-presidente Lula concede entrevista exclusiva à Folha e ao jornal El País, na sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR), onde o petista está preso - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-presidente Lula criticou a Superintendência da Polícia Federal de Curitiba (PR), onde está preso desde abril de 2018, citando entrada de policiais na sua cela às 6h. A revelação de Lula está deixando muita gente preocupada.

Em entrevista concedida ao Blog da Cidadania, o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, revelou que a Polícia Federal fez uma "palhaçada", ao entrar às 6h em sua cela, "como se estivessem fazendo uma coerção".

"Ainda ontem [5 de novembro] fizeram uma palhaçada comigo. Você acredita que ontem entraram na cela que eu estou às 6 horas da manhã? Como se estivessem fazendo uma coerção", ressaltou.

Vale relembrar que no dia 1º de novembro, a Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, onde Lula está preso, recebeu a visita do ministro da Justiça, Sergio Moro, e do coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, para inauguração de uma delegacia. A "coerção", referida por Lula, teria acontecido dias depois da visita de Moro e Dallagnol.

No Twitter, com a publicação do trecho da entrevista em que Lula fala sobre a "palhaçada" que fizeram com ele, internautas apoiadores do ex-presidente começaram a subir a hashtag #LulaCorrePerigo, que já está em primeiro lugar nos assuntos mais comentados desta quinta-feira (7) com mais de 16 mil tweets no momento da publicação desta matéria.

A deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) disse sentir vergonha dos "opressores" de Lula, e postou o trecho da entrevista do ex-presidente em que ele fala sobre a "coerção".

​"Lula está sendo constrangido e assediado", acredita internauta, que cita visita de Moro e Dallagnol.

​Reputação de Moro está "despencando" mais do que o esperado, escreve internauta.

​Teriam entrado na cela de Lula no mesmo "dia em que o capacho de Bolsonaro quis prender Dilma", pontua a deputada federal Erika Kokay (PT-DF).

​Vale destacar que a hashtag está sendo usada também por internautas contrários ao ex-presidente Lula.

"Quem corre perigo são os brasileiros de bem", acredita internauta.

​Há quem acredite que na prisão o ex-presidente está "seguro".

​Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP) pelo então juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала