15 militantes morrem e 5 são capturados após ataque a posto fronteiriço no Tajiquistão

© AFP 2022 / Vyacheslav OseledkoFronteira entre Tajiquistão e Afeganistão
Fronteira entre Tajiquistão e Afeganistão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Homens armados não identificados teriam atacado um posto de segurança na fronteira do Tajiquistão e Uzbequistão.

Segundo as autoridades do Tajiquistão, pelo menos 15 supostos militantes terroristas foram mortos e mais cinco foram detidos. Por outro lado, pelo menos dois agentes de segurança morreram durante o ataque.

Segundo as forças armadas tadjiques, um grupo armado ilegal, composto por pelo menos 20 homens mascarados, atacou na noite desta terça-feira o posto de controle de segurança "Ishkobod", localizado na fronteira com o vizinho Uzbequistão.

Os militantes conseguiram capturar pelo menos cinco rifles de nível militar durante o ataque, segundo autoridades tadjiques. No entanto, 15 homens armados foram mortos durante o ataque ao posto de controle e o restante foi capturado.

As autoridades locais iniciaram uma investigação sobre o incidente.

A segurança nas fronteiras continua a ser um problema no Tajiquistão. De acordo com o presidente do Serviço de Coordenação do Conselho de Comandantes das Tropas da Fronteira da Comunidade de Estados Independentes (CEI), coronel Aleksander Manilov, cerca de 8 mil militantes do movimento islâmico talibã e do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) permanecem no Afeganistão, nas proximidades da fronteira do Tajiquistão, agravando a situação de segurança na região.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала