Detonação do Big Bang é recriada por acaso em laboratório durante outra pesquisa

CC0 / Pixabay / Big Bang (ilustração)
Big Bang (ilustração) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cientistas da Universidade da Flórida Central (UCF) descobriram as condições necessárias para criar uma explosão do tipo do Big Bang, que deu início ao nosso Universo.

Enquanto os pesquisadores da Universidade da Flórida Central (UCF) realizavam um experimento relacionado com a propulsão de motores hipersônicos, eles identificaram por acaso os critérios necessários para criar uma explosão do tipo do Big Bang.

Os resultados da descoberta foram divulgados nesta sexta-feira (1º) na revista Science.

Kareem Ahmed, professor assistente do departamento de engenharia mecânica e aeroespacial da UCF, realizava experimentos com chamas extremamente ativas no âmbito de uma pesquisa ligada com os métodos de propulsão de motores hipersônicos quando, durante o experimento, o cientista descobriu por acaso que através de uma turbulência se pode provocar que uma chama estática, como a de uma vela, acelere e acabe por explodir.

"Exploramos estas reações supersônicas para a propulsão e, em resultado, encontramos este mecanismo que parecia muito interessante", explica Ahmed ao jornal da UCF.

O estudo indica os critérios com que se pode impulsar uma chama para autogerar sua própria turbulência, aceleração e, posteriormente, detonação. A equipe criou um tubo de choque de tamanho de 5x5 centímetros que produz a turbulência necessária para que uma chama passiva se ative.

A explosão recriada no laboratório é, certamente, de uma força infinitamente menor à que deu origem ao Universo. No entanto, a base teórica revelada pode ajudar a entender o que aconteceu há muitos bilhões de anos. O descobrimento acidental também poderia contribuir ao desenvolvimento de motores de velocidade hipersônica mais eficientes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала