Turquia entrega 18 militares sírios detidos à Rússia

© Sputnik / Dmitriy Vinogradov / Abrir o banco de imagensMarinheiros russos e sírios participam de exercícios militares conjuntos no porto sírio de Tartus
Marinheiros russos e sírios participam de exercícios militares conjuntos no porto sírio de Tartus - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, declarou nesta quinta-feira (31) que foram concluídas as negociações com a Rússia para a entrega de 18 prisioneiros do Exército sírio.

"18 pessoas do regime [sírio], presas em 29 de outubro durante as operações de busca, reconhecimento e segurança a sudeste da cidade de Ras al-Ain, foram entregues como resultado da coordenação com as autoridades da Rússia", diz um comunicado publicado pelo Ministério da Defesa Nacional da Turquia em sua conta no Twitter.

A Turquia iniciou a operação Fonte de Paz no nordeste da Síria em 9 de outubro com o argumento de remover as milícias curdas de sua fronteira e definir uma "zona segura" para acomodar os milhares de refugiados sírios que permanecem em seu território.

Uma semana depois, Ancara concordou com Washington em suspender a operação sob a condição de que as forças curdas fossem retiradas da zona.

Em 22 de outubro, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, concordaram em estender o cessar-fogo e o envio de policiais militares russos e soldados sírios ao nordeste da Síria, mas fora da área onde as tropas turcas operam.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала