Especialista comenta futuras adições à frota da Marinha russa

© Sputnik / Aleksandr Galperin / Abrir o banco de imagensNavios da Marinha russa ensaiando a parada por ocasião do Dia da Marinha da Rússia.
Navios da Marinha russa ensaiando a parada por ocasião do Dia da Marinha da Rússia. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda, o comandante da Marinha da Rússia, Nikolai Evmenov, afirmou que a entidade receberá navios "sem análogos no mundo", o que foi comentado por especialista na Rádio Sputnik.

Falando sobre as embarcações em construção em entrevista ao jornal, o almirante Evmenov ressaltou o caráter inovador de alguns dos novos navios.

De acordo com Evmenov, no estaleiro de Yantar, no litoral do mar Báltico, estão em fase de construção navios de desembarque universais do projeto 11711 (ou classe Ivan Gren), tais como Pyotr Morgunov, Vladimir Andreev e Vasily Trushin.

Além disso, o almirante indicou que "no estaleiro de Sredne-Nevsky estão sendo construídos em série novíssimos navios de defesa contra minas sem análogos no mundo".

"Eles são feitos de fibra de vidro monolítica, se diferenciando por sua resistência aumentada, manobrabilidade e capacidade de sobrevivência", detalhou o comandante.

Frota de nova geração

Mikhail Nenashev, capitão da Marinha russa na reserva e dirigente do Movimento Russo de Apoio à Marinha, disse ao serviço russo da Rádio Sputnik que a frota russa pretende receber em serviço armamentos da nova geração.

Como observou Nenashev, "os estaleiros russos estarão ocupados com a produção de navios de nova qualidade e de nova geração durante vários anos".

"Destaca-se especialmente o papel dos navios de defesa contra minas. Os seus cascos são feitos de novos materiais, foram desenvolvidos novos tipos de sistemas de varredura, que são utilizados nestes navios", disse ele.

Nenashev também acrescentou que outro aspecto está relacionado com a concepção e construção de navios de desembarque para cumprir tarefas universais muito mais amplas e com mais eficiência do que seus antecessores, porque "o século XXI exige uma tecnologia completamente diferente, outras armas".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала