Asteroide gigante se aproxima da Terra causando ameaça potencial para fim de 2019

Nos siga noTelegram
Um asteroide gigante, que tem mais de 500 metros de diâmetro, voará muito perto da Terra no dia seguinte ao Natal, informou a NASA.

O Centro dos Objetos Próximos à Terra da NASA nomeou a rocha espacial massiva como 310442 (2000 CH59) e declarou que o asteroide pertence a um grupo de asteroides chamados Aton, cujas órbitas se cruzam ocasionalmente com a da Terra.

Devido à proximidade e ao tamanho – o 310442 (2000 CH59) tem mais de 500 metros de diâmetro, o centro da NASA o classificou como um asteroide potencialmente perigoso.

Para ter uma noção, o meteoro de Chelyabinsk, que em 2013 causou muitos danos na Rússia, tinha apenas 17 metros de diâmetro.

Destruições potenciais

Asteroide 310442 (2000 CH59) destruiria uma grande cidade se atingisse a Terra, mas o centro da NASA excluiu esta hipótese.

Segundo pesquisadores, o asteroide passará perto de nosso planeta no dia 26 de dezembro a uma distância de 7,2 milhões de quilômetros, que pode parecer ser distante em escala terrestre, mas, na realidade, é perto demais em uma escala espacial.

Anteriormente, a Agência Espacial Europeia (ESA) acrescentou um novo asteroide à Lista de Riscos. Trata-se de uma rocha espacial que pode vir a colidir com a Terra daqui a 65 anos.

O asteroide se chama 2019 SU3, tem um diâmetro estimado de 14 metros e é o quarto corpo celeste na Lista de Riscos da ESA, que classifica rochas espaciais com probabilidades diferentes de zero de entrar em colapso com nosso planeta.

Segundo a agência espacial, em 16 de setembro de 2084 esse asteroide passará perto da Terra, a uma distância mínima de aproximadamente 9.790 quilômetros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала