Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cobrindo toda a península balcânica: presença de S-400 na Sérvia é sinal de confiança, diz general

© Sputnik / Yevgeny Odinokov / Abrir o banco de imagensSistemas de defesa antiaérea S-400 Triumph (imagem referencial)
Sistemas de defesa antiaérea S-400 Triumph (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ex-chefe do Estado-Maior da Sérvia, general Ljubisa Divokic, diz que a presença de sistemas S-400 no seu país para exercícios militares conjuntos é sinal de confiança. Após os exercícios, a Sérvia confirmou a compra de sistemas de artilharia antiaérea móvel Pantsir-S.

O ex-chefe do Estado-Maior da Sérvia, general Ljubisa Dikovic, disse em entrevista à Sputnik Sérvia acreditar que a Rússia só levou seus sistemas S-400 à Sérvia por confiar no país eslavo e considerá-lo um parceiro confiável.

"A presença desses sistemas no nosso território é um sinal de confiança e amizade sem precedentes. É muito importante para Sérvia e para o nosso sistema de segurança", declarou o general.

Uma divisão de sistemas antiaéreos russos S-400 e uma bateria de sistemas de artilharia antiaérea móvel Pantsir-S participaram da segunda fase dos exercícios militares conjuntos Slavyasnsky Schit 2019 (Escudo Eslavo). Os exercícios se focaram no treinamento da defesa antiaérea.

© Sputnik / Ekaterina Shutkina Soldados sérvios durante exercícios "Liberdade 2019", em aeródromo próximo a Belgrado, em 19 de outubro de 2019
Cobrindo toda a península balcânica: presença de S-400 na Sérvia é sinal de confiança, diz general - Sputnik Brasil
Soldados sérvios durante exercícios "Liberdade 2019", em aeródromo próximo a Belgrado, em 19 de outubro de 2019

O general sérvio ficou particularmente impressionado com a disposição russa em levar seus sistemas de mísseis terra-ar de longo alcance para os exercícios conjuntos, uma vez que o sistema é parte da defesa aeroespacial da Rússia.

"Esse é um sinal de grande confiança, apreciado por qualquer militar, mas também por qualquer cidadão deste país e sem nenhuma conotação política."

A Sérvia é um país situado na região dos Bálcãs, no leste europeu. De população eslava, o país mantém laços históricos com a Rússia.

Atualmente, o país se declara militarmente neutro. Apesar de manter um diálogo de cooperação com a OTAN, segundo o próprio site da aliança militar, a Sérvia "não tem pretensão de se juntar à aliança".

No entanto, Dikovic aguarda a reação da aliança aos exercícios militares Escudo Eslavo 2019, lembrando que Belgrado não deve ser alvo de críticas, uma vez que o país coopera com diferentes parceiros.

Modernização das Forças Armadas sérvias

Ele acrescentou que hoje uma das prioridades das Forças Armadas sérvias é equipar-se com os mais modernos sistemas e meios de defesa antiaérea.

"Na nossa Estratégia de Segurança Nacional, especificamos que a Sérvia precisa de sistemas de defesa antiaérea de curto e médio alcance [...] e gostaríamos de ter o S-400 porque ele cobriria toda a península balcânica", comentou o general.

De acordo com o general, nenhum país da península balcânica tem um sistema antiaéreo dessa envergadura, à exceção da Turquia, que possui o S-400.

Pantsir-S – o sistema ideal para a Sérvia

Nesta sexta-feira (25), o presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, confirmou que o país balcânico comprou o sistema de artilharia antiaérea móvel russo Pantsir-S.

© Sputnik / Aleksandr Vilf Sistema de artilharia antiaérea móvel "Pantsir-S" a caminho de Moscou para participar da parada militar em comemoração à vitória na Segunda Guerra Mundial
Cobrindo toda a península balcânica: presença de S-400 na Sérvia é sinal de confiança, diz general - Sputnik Brasil
Sistema de artilharia antiaérea móvel "Pantsir-S" a caminho de Moscou para participar da parada militar em comemoração à vitória na Segunda Guerra Mundial

O general afirma que o sistema Pantsir-S é um sistema de mísseis de médio alcance, tão necessários à defesa sérvia em função da sua posição geográfica.

"Esse é um sistema de defesa antiaérea muito eficaz, que atende às nossas demandas de forma significativa", concluiu o general.

Os exercícios Slavyansky Schit 2019 (Escudo Eslavo) são os primeiros a juntar as defesas antiaéreas da Rússia e da Sérvia e já se encontra na segunda fase. A primeira fase foi realizada na Rússia, no início de setembro do corrente.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала