Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Manifestantes incendeiam centros eleitorais na Bolívia após anúncio da vitória de Morales (VÍDEOS)

© REUTERS / Ueslei MarcelinoManifestantes protestam após as eleições na Bolívia
Manifestantes protestam após as eleições na Bolívia - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente da Bolívia, Evo Morales, conquistou 46,86% dos votos nas eleições presidenciais do país, evitando um segundo turno. A oposição acusa autoridades eleitorais de fraude e não reconheceu as eleições.

A polícia usou gás lacrimogêneo contra manifestantes reunidos na capital La Paz, em frente ao prédio do governo onde a contagem dos votos estava sendo realizada nesta segunda-feira.

​Após o anúncio da reeleição de Evo Morales nesta segunda-feira, manifestantes que alegam que a contagem de votos das eleições foi uma fraude incendiaram escritórios eleitorais nas cidades de Oruro, Tarija e Sucre, informou o jornal boliviano El Dever. 

Concentrações massivas na #Bolívia, pessoas que protestam contra o que consideram uma fraude eleitoral. Monitoraremos a resposta das autoridades, insistindo para que não haja repressão violenta, como já se tornou costume na região.​

O principal concorrente de Morales na corrida eleitoral, Carlos Mesa, acusou as autoridades eleitorais da Bolívia de "fraude", recusando-se a reconhecer os resultados das eleições.

Morales venceu com uma margem de 10,12% contra seu rival Carlos Mesa, que obteve 36,74% dos votos, após 95,09% de apuração.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала