Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Não seja tolo': Trump ameaça destruir economia turca em carta a Erdogan

© AP Photo / Serviço de Imprensa da PresidênciaPresidente dos EUA Donald Trump conversa com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, enquanto visitam a nova sede da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 11 de julho de 2018
Presidente dos EUA Donald Trump conversa com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, enquanto visitam a nova sede da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 11 de julho de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ganhou grande publicidade nas redes sociais nesta quarta-feira a cópia de uma carta enviada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao chefe de Estado turco, Recep Tayyip Erdogan.

O documento, publicado por uma jornalista no Twitter, tem como pano de fundo a atual operação militar mantida pela Turquia na Síria, vista por boa parte da comunidade internacional como uma ação ilegal com consequências possivelmente devastadoras

​EXCLUSIVO: Obtive uma cópia da carta de Donald Trump a Erdogan. O presidente dos EUA aconselha Erdogan a não 'ser um cara durão! Não seja um tolo!'. Diz que ele poderia destruir a economia da Turquia se a Síria não for resolvida de uma maneira humana.

Na carta, datada de 9 de outubro, o líder norte-americano diz ao seu homólogo turco que trabalhou duro "para resolver alguns de seus problemas" e, por isso, pede que ele "não decepcione o mundo".

"Você pode fazer um grande acordo", afirma Trump, sugerindo que o comandante das Forças Democráticas da Síria (FDS), general Mazloum Kobani, estaria disposto a fazer grandes concessões a fim de obter um desfecho pacífico para a atual crise no noroeste sírio.

Na última semana, Trump decidiu retirar as tropas americanas do norte da Síria, deixando seus antigos aliados curdos a mercê das forças turcas que avançam sobre o território sírio como parte de uma operação não autorizada.

Tal operação, intitulada Fonte de Paz, teria como objetivo, segundo Ancara, afastar os militantes curdo-sírios (considerados inimigos pelo governo turco) para longe da região de fronteira e criar uma zona segura para alojar refugiados sírios que se encontram na Turquia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала