Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Chefe do Estado-Maior dos EUA diz que incursão turca na Síria afeta operações contra Daesh

© REUTERS / StringerMilitares turcos na fronteira turco-síria
Militares turcos na fronteira turco-síria - Sputnik Brasil
Nos siga no
O chefe do Estado-Maior Conjunto dos EUA, Mark Milley, declarou nesta sexta-feira (11) que a incursão da Turquia no norte da Síria teve "algum efeito" sobre as operações de combate ao terrorismo contra o grupo Daesh (proibido na Rússia e em uma série de países) no país.

De acordo com ele, as Forças Armadas dos EUA ainda se encontram em conjunto com as Forças Democráticas da Síria (FDS), exceto pelos dois postos avançados na área da incursão militar turca.

"Portanto, ainda estamos realizando operações [contra o Daesh], obviamente essa incursão iniciada pelos turcos teve algum efeito", disse Milley durante coletiva de imprensa.

A Operação Fonte de Paz, iniciada pela Turquia na quarta-feira (9), tem como alvo as Forças Democráticas da Síria (FDS) e o grupo terrorista Daesh. A Turquia entende que as FDS na Síria funcionam como uma extensão do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que foi classificado por Ancara como uma organização terrorista.

O objetivo da operação seria criar uma zona de segurança na região, livre da presença de forças curdas, destinada a abrigar os refugiados sírios que estão na Turquia.

Segundo declarações recentes do Partido Popular Democrático Curdo na Síria, a operação já deixou dezenas de civis mortos, centenas de feridos e milhares de deslocados desde o início da incursão.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала