EUA e Rússia devem salvar novo Tratado START e evitar volta da 'Guerra Fria', diz líder finlandês

© Sputnik / Aleksandr Kryazhev / Abrir o banco de imagensComplexo de míssil balístico nuclear intercontinental Topol
Complexo de míssil balístico nuclear intercontinental Topol - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos e a Rússia devem salvar o novo Tratado de Redução de Armas Estratégicas (START) para não permitir que o mundo volte à hostilidade política da Guerra Fria, disse o presidente finlandês Sauli Niinisto nesta quarta-feira.

"Na década de 1960, não havia acordo, apenas a Guerra Fria", relembrou Niinisto durante uma conferência de imprensa conjunta com o presidente dos EUA, Donald Trump.

"Não podemos deixar que a situação retorne [a] nenhum acordo sobre controle de armas. É por isso que é importante tentar negociar novos acordos e continuar o novo acordo START", acrescentou.

O novo START é o último tratado de controle de armas remanescente em vigor entre as duas maiores potências nucleares do mundo.

O acordo estipula uma redução no número de lançadores de mísseis nucleares estratégicos pela metade e limita o número de ogivas nucleares estratégicas implantadas para 1.550.

O novo START deve expirar em fevereiro de 2021 e até agora os Estados Unidos não anunciaram planos de estender o acordo.

O presidente dos EUA, Donald Trump, manifestou seu desejo de elaborar um novo acordo nuclear que inclua a China e a Rússia informou que está pronta para discutir a proposta.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала