Marinha britânica detona bomba nazi achada em naufrágio do século XVII (FOTOS, VÍDEO)

© AP Photo / Ariel SchalitMilitares da Marinha Real do Reino Unido
Militares da Marinha Real do Reino Unido - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mergulhadores do grupo Inglaterra Histórica acharam uma bomba alemã não detonada da Segunda Guerra Mundial durante mergulho arqueológico em naufrágio no estuário do Tamisa na sexta-feira (27).

Mergulhadores e peritos em eliminação da Marinha Real Britânica detonaram na sexta-feira (27) uma grande bomba subaquática que havia sido lançada pelas forças nazistas contra o Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial.

Tweets da Marinha Real Britânica mostram peritos em eliminação de bombas em uma série de fotos preparando-se para destruir o explosivo. Além das fotos, um vídeo foi publicado mostrando a explosão na água.

Peritos em eliminação da Marinha Real Britânica destruíram uma enorme bomba alemã da Segunda Guerra Mundial perto de Southend

A detonação ocorreu em Essex após seis dias de missão, segundo autoridades.

"A mina, provavelmente largada para atingir uma das inúmeras docas no estuário do Tamisa, estava em excelentes condições, dada a sua idade", disse o tenente Ben Brown em comunicado à imprensa.

O momento em que os mergulhadores destruíram a bomba de 987 kg após uma missão de seis dias

"A complexidade dessa tarefa não deve ser subestimada. Lidar com uma das maiores peças de artilharia da Segunda Guerra Mundial no estuário do Tamisa apresenta algumas das condições de mergulho mais desafiadoras que existem para se trabalhar", acrescentou Brown.

Ele afirmou que "com visibilidade nula debaixo d'água e um fluxo significativo de marés, as janelas de mergulho são extremamente limitadas e todo o trabalho na artilharia deve ser feito por toque".

A capacidade da mina era equivalente a cerca de 1.600 766 quilotons, segundo a Marinha Real do Reino Unido. De acordo com o jornal BBC, a mina terrestre de paraquedas alemã foi uma das maiores bombas da Luftwaffe durante toda a guerra.

Mergulhadores exploraram um naufrágio do século XVII, conhecido como Londres, e descobriram a bomba, passando, posteriormente, dados à Marinha Real Britânica.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала